Lei nº 4832/2006                  Data da    30/08/2006

Início  Anterior  Próxima

Revogada pela Lei nº 6.450 de 15/05/2013

 

 

          Lei nº 4832/2006                  Data da    30/08/2006

                                            Lei

 

         Texto da Lei   [ Em Vigor ]

 

         LEI Nº 4.832  DE 30 DE AGOSTO DE 2006.

 

 

                                  DISPÕE SOBRE CONTRATAÇÃO E CUSTEIO DE

                                  PRESTAÇÃO  DE  SERVIÇOS  DE  NATUREZA

                                  JURÍDICA COM O FIM QUE SE ESPECIFICA,

                                  E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

 

 

              A Governadora do Estado do Rio de Janeiro,

              Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Rio

              de Janeiro decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

 

 

                 Art. 1º - O Poder Executivo contratará e custeará a

           prestação de serviços de natureza jurídica para o fim

           específico  de  patrocínio  de  autoridades  e  servidores

           estaduais que, em decorrência da prática de atos funcionais

           de gestão ou equivalentes, venham a encontrar-se na posição

           de sujeito passivo em inquéritos civis ou penais, inclusive

           inquéritos preparatórios de ações civis públicas, em ações

           judiciais de natureza civil ou penal, inclusive ações civis

           públicas, ações populares e outras, respeitada a ressalva

           disposta no art. 2º.

                 §. 1º - A contraposição de que cuida o caput dar-se-á

           em favor de autoridades e servidores estaduais que estejam

           ou que tenham estado providos em cargos ou empregos públicos

           a quando da prática do ato ou contrato que constitui objeto

           do respectivo procedimento, mesmo que já então afastados do

           Serviço Público.

 

                 §. 2º - O Estado custeará também todas as despesas

           processuais, sem exceção, inclusive as de natureza pericial.

 

                 §. 3º - O valor máximo dos honorários advocatícios

           será estabelecido na tabela da Ordem dos Advogados do Brasil

           do Estado do Rio de Janeiro.

 

                 Art. 2º - Não será admitida a contratação por parte

           do Estado de que trata o art. 1º, quando o Estado funcionar

           como parte no processo judicial relativo a quaisquer dos

           procedimentos  dispostos  naquele  artigo,  reconhecendo  a

           ilegalidade ou lesividade do ato ou contrato que constitui o

           objeto da lide.

 

                 Art. 3º - A opção do art. 1° pela escolha do defensor

           a ser contratado cabe à autoridade ou servidor situado no

           pólo passivo. Por se tratar de eleição da sua confiança

           direta e pessoal (intuito personae), cabe a este indicar os

           dados de quem deva ser contratado, diretamente, ao Gabinete

           Civil do Governador, que promoverá a contratação.

 

                 Parágrafo único – A autoridade e o servidor poderão

           escolher um defensor público dos quadros da Defensoria

           Pública do Estado do Rio de Janeiro.

 

                 Art. 4º - O disposto nesta Lei não prejudicará as

           competências institucionais da Procuradoria Geral do Estado

           no tocante à defesa do Estado.

 

                 Art. 5º - Esta Lei entrará em vigor na data da sua

           publicação, revogadas as disposições em contrário.

 

 

                                                      Rio  de  Janeiro,

            30 de agosto de 2006.

 

 

 

                                   ROSINHA GAROTINHO

                                       Governadora

 

 

         Ficha Técnica

 

         Projeto de   3264-A/2006              Mensagem

         Lei nº                                nº

         Autoria      EDSON ALBERTASSI, LUIZ PAULO

         Data de       31/08/2006              Data

         publicação                            Publ.

                                               partes

                                               vetadas

 

         Tipo de      

         Revogação        Tácita                        Em Vigor

                           Expressa                      Suspenso

 

 

         Texto da Revogação :

 

 

         Redação Texto Anterior

         Texto da Regulamentação

 

 

         Atalho para outros documentos